Últimos dias para votar SIM à criminalização da homofobia em enquete do Senado

25/11/2009

Mesmo com ataque de hackers e campanha de grupos conservadores, resultado segue equilibrado.

Senado quer saber se internauta aprova a criminalização da homofobia.

Chega à reta final a enquete realizada pelo portal de notícias do Senado Federal, para saber a opinião do internauta sobre a aprovação do PLC (Projeto de Lei da Câmara) 122/06, que visa criminalizar a homofobia em âmbito nacional. Após enfrentar ataque de hackers e uma campanha maciça de diversos grupos de cristãos conservadores para que o resultado seja negativo, a diferença segue cada vez mais acirrada.  A votação vai até a próxima segunda-feira (30), e no momento registra 0,3% de vantagem para os que são a favor do PLC.

“Você é a favor da aprovação do projeto de lei (PLC 122/2006) que pune a discriminação contra homossexuais?”, é a pergunta que a Agência Senado faz desde o início de novembro, quando o PLC foi aprovado em uma comissão. A proposta inclui na já existente lei que pune a discriminação por racismo, religião ou local de nascença, a punição de atos discriminatórios por sexo, gênero ou orientação sexual.

Segundo informou a diretora do SEPOP (Secretaria de Pesquisas e Opinião Pública do Senado), Ana Lúcia Novelli, logo nas primeiras horas da enquete, um hacker invadiu os servidores do Senado e programou um robô para votar contra a aprovação do PLC. “A gente percebeu que a chave de segurança estava sendo burlada, então resolvemos refazê-la”, explicou Novelli, ao Portal Imprensa. Devido à fraude, a enquete foi reiniciada em 09 de novembro.

Recentemente, o site MixBrasil noticiou que um grupo intitulado “Internautas Cristãos” disparou spams com orientação aos fiéis para que novamente enganassem o sistema de autenticação da pesquisa: “CONTINUA SENDO POSSÍVEL VOTAR VÁRIAS VEZES, bastando para isso deletar os cookies do navegador […] vamos CONTINUAR dizendo NÃO a esta aberração!”, dizia o e-mail.

Mesmo diante de tantas barreiras, a adesão ao PLC 122/06 reagiu positivamente, equilibrando o resultado da enquete. No momento em que este texto foi redigido, 264.866 pessoas haviam votado, sendo 50,15% a favor e 49,85% contra o projeto.

Para votar “sim” ao PLC, basta acessar o portal da Agência Senado (clique aqui). Desça com a barra de rolagem até o item “Enquete”, localizado do lado direito, abaixo do link “Agência Multimídia”. Os votos serão computados até o dia 30 de novembro.

Anúncios